Mostrando postagens com marcador DF. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador DF. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Velocidade e álcool ao volante marcam carnaval no DF

CARNAVAL DF

Excesso de velocidade é a principal causa de acidentes graves registrados nas rodovias no Distrito Federal e no resto do país
Resultado de imagem para ACIDENTES NO TRANSITO DF
FOTO:DETRAN-DF DIVULGAÇÃO

Em entrevista ao programa Revista Brasildesta terça-feira (13), o chefe da Área Operacional 2 da Polícia Rodoviária Federal no Distrito Federal, que engloba as BRs 060 e 070,  inspetor Clayton Campos dos Santos Oliveira, admitiu que a velocidade tem sido a principal causa de acidentes graves no Brasil. Segundo ele, a Operação Carnaval começou na sexta-feira (9) com radares fixos e móveis e, só no domingo (11), motoristas foram flagrados dirigindo a mais de 163 km/h e foram registradas mais de duas mil infrações deste tipo.
Ele afirma que a legislação é completa, mas falta ao motorista – principalmente de um carro mais potente e luxuoso - a consciência de que não deve beber e dirigir, e que a velocidade pode causar lesões a ele e a outras pessoas, principalmente motociclistas, pedestres, ciclistas e usuários de carros com menos itens de segurança, que por isso também estão mais sujeitos ao risco de morte.
Clayton lembrou que dirigir acima da velocidade é uma infração gravíssima: além de pagar multa de R$ 880,41,  o motorista fica com o direito de dirigir suspenso.
Nos três primeiros dias de carnaval, o Detran e a Polícia Militar do Distrito Federal  flagraram mais de 260 motoristas dirigindo embriagados ou após terem consumido bebidas alcoólicas; apenas cinco foram presos.

FONTE:Revista Brasil

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Eixo Monumental reúne milhares de foliões neste domingo (11)

CARNAVAL DF

Mudança de local e trajeto dos blocos Baratona e Raparigueiros não desanimou o público. Organizadores aprovaram o espaço

Baratona e Raparigueiros são dois blocos que costumam atrair grande número de foliões para as ruas do Distrito Federal. Não foi diferente neste ano, apesar da mudança de local para o Eixo Monumental. Neste domingo (11), milhares de pessoas passaram pela via para curtir o carnaval.
Mudança de local e trajeto dos blocos Baratona e Raparigueiros não desanimou o público. Organizadores aprovaram o espaço.
Mudança de local e trajeto dos blocos Baratona e Raparigueiros não desanimou o público. Organizadores aprovaram o espaço. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
O trio, formado pela auxiliar administrativa Talia dos Santos Lopes, de 17 anos, e as recepcionistas Rosilene dos Santos Lopes, de 31, e Laura Priscila Sá Canindé, de 28, garantiu presença na festa desde cedo. Como ocorre em todos os anos.
Elas não se decepcionaram. “Gostamos é da ‘raparigagem’, esse é o melhor bloco”, disse Laura. “É uma festa família, venho com a minha mãe sempre”, afirmou Talia, que é filha de Rosilene. “É muito bom, principalmente aqui, no Eixo Monumental”, completou Rosilene.
A diversão tomou conta até de quem estava a trabalho. O ambulante Joel Brito da Silva, de 41 anos, colocou a fantasia de Lanterna Verde, ornada com o crachá de cadastro na Secretaria das Cidades, e foi, acompanhado da esposa, Juliana Kirmse, de 36 anos.
"Somos do Cruzeiro, fui da bateria mirim da Aruc, não curtir o carnaval é pecado"Joel Brito da Silva, folião do Raparigueiros
“Viemos ganhar dinheiro e curtir o carnaval”, sintetizou Juliana. “Somos do Cruzeiro, fui da bateria mirim da Aruc (Associação Recreativa Unidos do Cruzeiro), não curtir o carnaval é pecado”, completou Joel.
Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, até as 20 horas, o público era estimado em 40 mil na Baratona e 30 mil no Raparigueiros. No fim da noite, a pasta divulgará o balanço do segundo dia de carnaval.
No trio elétrico dos Raparigueiros, a banda Patakundum embalou os foliões. Pelo Baratona, a festa foi comanda pela Banda Trem das Cores. As atrações foram custeadas por chamamento público da Secretaria de Cultura.
Para os organizadores, a ida para o Eixo Monumental foi positiva. “É mais amplo que o Eixão”, comparou o presidente do Raparigueiros, Weliton Santana. “Facilita a saída ao fim da festa, pois é perto da Rodoviária do Plano Piloto”, observou Victor Hugo Ferreira, diretor do Baratona.
Os blocos ficaram um em frente ao outro, na N1, nos arredores da Torre de TV. Ambos subiram até a altura do Palácio do Buriti e desceram pela S1, do outro lado da torre, próximo à Rodoviária do Plano Piloto, onde ocorre a dispersão do público.

PMDF, Corpo de Bombeiros e Agefis fiscalizam foliões

Oitocentos policiais militares, 90 bombeiros e 18 auditores da Agência de Fiscalização do DF (Agefis), auxiliados por 40 trabalhadores do apoio operacional da agência, trabalharam para assegurar a ordem na folia. 

Todos os dados de ocorrências sairão mais tarde, pelo boletim da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, a ser publicado pela Agência Brasília.  À Polícia Militar do DF, coube fiscalizar a segurança e coibir eventuais brigas entre foliões. O Corpo de Bombeiros Militar do DF monitorou o local para socorrer feridos e quem passasse mal. Já a Agefis estava lá para separar os ambulantes devidamente cadastrados dos vendedores irregulares.
As duas folias costumam ocorrer no Eixão Sul, que passa por reformas em razão da queda de parte do viaduto próximo à Galeria dos Estados. Desde dezembro do ano passado, no entanto, já estava acertada a alteração de local.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Detran flagra sete condutores alcoolizados em Águas Claras

TRÂNSITO DF
Em três horas de blitz, mais de 100 condutores foram abordados

FOTO: DIVULGAÇÃO DETRAN-DF



(Brasília, 07/02/2018) – O Detran-DF realizou, por meio da Coordenação de Fiscalização da Região Oeste, uma operação tipo blitz na  QS 5, em Águas Claras, entre às 23h de terça (6) e 2h desta quarta-feira (7).
Dos 117 condutores abordados pelos agentes de trânsito, sete foram flagrados dirigindo sob o efeito de álcool, quatro eram inabilitados, dois estavam com a CNH vencida e um com a CNH suspensa. Outros seis foram autuados por infrações diversas e 15 veículos foram removidos para o depósito de Taguatinga.
A operação contou com oito viaturas do Detran e uma do 17º Batalhão da Polícia Militar, além de  três guinchos do Departamento de Trânsito. 
Operação Festa Segura – Carnaval 2018
O Detran-DF iniciou, no último sábado (03/02), a Operação Festa Segura - Carnaval 2018. O objetivo da ação é diminuir os índices de acidentes de trânsito decorrentes da combinação álcool e direção e, por consequência, aumentar a segurança dos usuários das vias públicas de Brasília.
A ação contará com cerca de 120 operações de fiscalização, de 3 a 15 de fevereiro, entre as quais, 30 blitzes e 90 patrulhamentos com abordagem nas proximidades de bares, clubes, boates e demais eventos relacionados às festividades de carnaval.

---
FONTE: Assessoria de Comunicação
Departamento de Trânsito do Distrito Federal



Relatórios foram ignorados? Gestores da última década falam sobre manutenção de obras no DF

DF
Risco em viaduto foi informado às gestões Roriz, Abadia, Arruda, Agnelo e Rollemberg; TV Globo ouviu ex-governadores e secretários. Engenheiro que projetou viaduto diagnosticou falta de manutenção.

Resultado de imagem para Relatórios foram ignorados? Gestores da última década falam sobre manutenção de obras no DF
DF2 cobra respostas sobre viaduto das gestões Roriz, Arruda, Agnelo e Rollemberg Foto: reprodução G1 DF
Nas horas que se seguiram à queda parcial de um viaduto do Eixão Sul na Galeria dos Estados, na área central de Brasília, nesta terça-feira (6), pelo menos cinco relatórios sobre a fragilidade do local vieram à tona. Os estudos indicavam que a passagem subterrânea, assim como vários outros trechos da malha viária do DF, correm risco iminente há vários anos.
Nesta quarta (7), ex-governadores e ex-secretários que estavam no poder quando os levantamentos foram divulgados falaram à TV Globo sobre a falta de manutenção durante todo esse tempo. Os gestores deram respostas variadas, mas evasivas, sobre os motivos para o aparente descaso.
Dentre os relatórios divulgados, o mais antigo é de 2006 e foi elaborado por pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB). Naquele ano, o DF era governado por Joaquim Roriz, que se licenciou por uma candidatura ao Senado e deixou no cargo a vice, Maria de Lourdes Abadia.
A TV Globo não conseguiu contato com Roriz – que sofre com as complicações do mal de Alzheimer – e com Abadia. Em entrevista nesta quarta, o secretário de Obras do período, Maurício Canovas, disse não se lembrar do "tema" da manutenção de espaços públicos com detalhes.
"Não tô lembrando, mas provavelmente o encaminhamento deve ter sido, o encaminhamento do relatório para as áreas técnicas, né? Para avaliarem o relatório. [...] Para você fazer alguma intervenção, você tem que contratar projetos, né, de recuperação. Isso tudo deve ter sido feito a partir de 2007", declarou Canovas.

Mais avisos

Em 2009, outro relatório similar foi feito pelo Sindicato de Engenharia e Arquitetura (Sinaenco). O viaduto da Galeria dos Estados foi citado pela necessidade de reparo urgente, junto com outros oito viadutos e pontes.
De acordo com o Sinaenco, além do viaduto sobre a Galeria dos Estados, as pontes do Bragueto (acesso ao Lago Norte) e das Garças (acesso ao Lago Sul) também tinham quadro crítico, naquele momento.

Fonte: G1 DF

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Polícia do DF faz operação contra tráfico de drogas na Esplanada

DF

Investigação aponta que traficantes vendiam principalmente cocaína para servidores públicos e pessoas de alta renda que trabalham na Esplanada


Os edifícios da Esplanada dos Ministérios foram projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer

Os edifícios da Esplanada dos Ministérios foram projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer (Evaristo SA/AFP/VEJA)

A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou nesta terça-feira (6), por intermédio da 5ª DP, a Operação Delivery, ação que ocorre após um ano de investigação que apura o tráfico de drogas na região Central de Brasília. Foram cumpridos diversos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão em várias regiões do Distrito Federal.

Em nota, a Polícia Civil informou que os traficantes vendiam drogas, principalmente cocaína, para servidores públicos e pessoas de alta renda que trabalham na Esplanada dos Ministérios. A entrega de drogas era realizada, inclusive, em órgãos públicos Federais e do Distrito Federal.

Nesta primeira fase da operação, além do cumprimento de mandados, foram apreendidas porções de droga e dinheiro.
FONTE: VEJA.COM

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Detran inicia Operação Festa Segura – Carnaval 2018

DETRAN-DF

Estão previstas pelo menos 120 operações no prazo de 15 dias


Resultado de imagem para DETRAN DF Operação Festa Segura – Carnaval 2018
Foto: Tony Winston/Agência Brasília. Durante a Operação Festa Segura

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) iniciou, no último sábado (03/02), a Operação Festa Segura - Carnaval 2018. O objetivo da ação é diminuir os índices de acidentes de trânsito decorrentes da combinação álcool e direção e, por conseqüência, aumentar a segurança dos usuários das vias públicas de Brasília.

A operação consiste no aumento expressivo do efetivo no policiamento e na fiscalização do trânsito, com maior presença de viaturas próximas a pontos de consumo de bebidas alcoólicas como bares, clubes, boates, blocos carnavalescos e demais eventos festivos ligados às festas de carnaval.

A ação contará com cerca de 120 operações de fiscalização, de 3 a 15 de fevereiro, entre as quais, 30 blitz e 90 patrulhamentos com abordagem nas proximidades de bares, clubes, boates e demais eventos relacionados às festividades de carnaval.

Nesta operação, as equipes destacadas para as missões contarão com o apoio de guinchos, empilhadeiras e também da Unidade de Operações Aéreas (UOPA) operando com os drones.

FONTE: ASCOM DETRAN DF

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Inauguradas pontes que ligam Gama e Jardim Serra Dourada

DF

As construções foram feitas sobre o rio Ponte Alta e o córrego Maracanã


 
O Governo do Distrito Federal (GDF) inaugurou duas pontes para atender as pessoas que circulam entre o Jardim Serra Dourada, em Santo Antônio do Descoberto, e o Gama. A cerimônia aconteceu neste sábado (3/2), com a participação do governador Rodrigo Rollemberg.



As construções foram feitas sobre o rio Ponte Alta e o córrego Maracanã – nas vicinais 381 e 383, respectivamente. As licitações da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) contaram com um investimento de R$ 1,03 milhões do Tesouro. Anteriormente, a previsão era que o total chegasse a cerca de R$ 977 mil.

Ainda que a inauguração oficial tenha acontecido neste dia 3, o fluxo de veículos nas novas edificações vinha acontecendo desde dezembro do ano passado.

FONTE: CORREIO BRAZILIENSE

PRF recupera veículo roubado em Brasília/DF que iria para o Paraguai

DF
Resultado de imagem para PRF recupera veículo roubado em Brasília/DF que iria para o Paraguai
O automóvel era original da capital mineira e seria levado para o país vizinho.
Na noite de ontem, 02 de fevereiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um veículo roubado e prendeu dois homens, inclusive o “batedor”.
A equipe policial fazia ronda de fiscalização na rodovia BR-267, entre os municípios de Ponta Porã e Maracaju quando observaram dois veículos trafegando juntos, indo sentido a cidade fronteiriça.
Acompanharam os veículos e os abordaram no Distrito de Vista Alegre. O primeiro automóvel era um Fiat/Fiorino com placa aparente de Crixas/GO, conduzido por um homem de 58 anos. Ele apresentou o documento do veículo que tinha indícios de inautenticidade. O segundo, um M. Benz/Vitot 119 com placa de Belo Horizonte/MG era conduzido por um homem de 31 anos.
Em vistoria aos veículos os policiais verificaram adulterações nos sinais identificadores do Fiorino, que tem placa original de Belo Horizonte/MG com ocorrência de furto/roubo na data de 10/08/2016 em Brasília/DF. O veículo M.Benz não tinha sinais de adulteração.
Em ambos os veículos foram encontrados escondidos rádios comunicadores, sugerindo que o M. Benz seria o “batedor” do veículo roubado. Os celulares dos dois homens haviam o contado um do outro, confirmando a suspeita da equipe.
Os dois homens foram presos e encaminhados com os veículos para a Delegacia da Polícia Federal de Dourados/MS.

FONTE: FOLHA NOBRE
imagem03-02-2018-15-02-37

Campanha contra assédio no carnaval do DF usa redes sociais para divulgar informações

DF
Posts com mensagens curtas e linguagem acessível chamam atenção sobre assédio. 'Não basta educar apenas policiais, é preciso atingir toda população', diz subsecretário de Segurança Pública.
Postagens em redes sociais reforçam campanha contra assedio feita pela Secretaria de Segurança Pública do DF (Foto: Reprodução)
Postagens em redes sociais reforçam campanha contra assedio feita pela Secretaria de Segurança Pública do DF (Foto: Reprodução)

Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal está usando as redes sociais para chamar a atenção sobre o assédio no carnaval. Posts coloridos e com linguagem direta fazem parte da campanha que pretende sensibilizar os foliões.
De acordo com o subsecretário de Operações Integradas, Leonardo Sant'Anna, "a educação em segurança pública é obrigatória". Segundo ele, como o crime de assédio acaba potencializado em momentos como o carnaval – com o uso de álcool e a grande aglomeração de pessoas – a secretaria percebeu que era preciso "uma comunicação mais ampla, simples e descontraída" para sensibilizar o público.
"Não basta educar apenas os policiais, é preciso atingir toda população."
Para o subsecretário, o processo educativo deve ser acessível e as redes sociais fazem a diferença. "Segurança não é algo 'duro'. É também passar informação e educação, um conceito que buscamos para modernizar o contato com a população."

Segurança para crianças

Post da Secretaria de Segurança do DF sobre serviço para crianças perdidas no carnaval (Foto: Reprodução)Post da Secretaria de Segurança do DF sobre serviço para crianças perdidas no carnaval (Foto: Reprodução)Post da Secretaria de Segurança do DF sobre serviço para crianças perdidas no carnaval (Foto: Reprodução)
Além das redes sociais, a secretaria está usando aplicativos de celular para tornar o carnaval mais seguro para as crianças. Entre os dias 9 e 13 de fevereiro, um número de WhatsApp poderá ser usado em casos de crianças perdidas, abandonadas ou que estejam sob algum tipo de situação de risco.
O canal SOS Criança DF ficará disponível 24 horas por dia pelo número (61) 99212-7776. De acordo com a Secretaria de Segurança, para acionar o serviço, bastar enviar uma mensagem de texto, foto, vídeo ou áudio para o telefone e se identificar.
As informações serão enviadas à Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) – a mesma que recebe as ligações do 190 (Polícia Militar) e do 193 (Corpo de Bombeiros Militar) –, que dará o encaminhamento mais apropriado.
O subsecretário de Operações Integradas explica que o serviço também poderá ser usado para acionar a Vara da Infância e da Juventude ou o Conselho Tutelar, em casos de exploração infantil e venda de bebidas alcoólicas.
SOS Criança DF(61) 99212-7776

Fonte: G1 DF

Chuva forte causa alagamentos em várias regiões do DF neste sábado

DF
Temporal caiu sobre São Sebastião, Gama, Itapoã e Plano Piloto; boca de lobo na avenida central de São Sebastião estourou e pista ficou inundada. Bacia do Descoberto chegou a 44,1% no sábado.
Chuva forte em São Sebastião, no Distrito Federal (Foto: Arquivo pessoal )


Chuva forte em São Sebastião, no Distrito Federal (Foto: Arquivo pessoal )A chuva forte típica do verão atingiu diversas regiões do Distrito Federal neste sábado (3). Durante a tarde, foram registrados temporais em áreas como São Sebastião, Gama, Itapoã, além de toda a extensão do Plano Piloto.
Leitores do G1 e espectadores da TV Globo registraram a chuva em vídeos. Na avenida central de São Sebastião, uma boca de lobo estourou e a pista foi tomada pela enxurrada.

Chuva em São Sebastião, no Distrito Federal
Na Quadra 202 da Asa Norte, a chuva transformou a pista em um rio. No gramado ao lado da via, poças de lamas se formaram. Até as 19h, o Corpo de Bombeiros ainda não tinha informações sobre chamados decorrentes da tempestade.
Temporal na área central de Brasília  (Foto: Marília Marques/G1)Temporal na área central de Brasília  (Foto: Marília Marques/G1)Temporal na área central de Brasília (Foto: Marília Marques/G1)


Nível dos reservatórios

Apesar dos estragos causados, a chuva é importante para ajudar a recuperar os reservatórios que abastecem os moradores do DF. Segundo medição da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa), neste sábado, o Descoberto atingiu 44,1% da capacidade total.
Embora os dois reservatórios estejam acima das previsões da Adasa, o racionamento permenece. A cada seis dias, uma região do DF fica sem água durante pelo menos 24 horas.

FONTE: G1 DF